quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Sua fé

Mas me irrita, me irriiiiiiita um tanto gente que não é católica e casa na Igreja!!
     Me irrita tanto que eu queria postar isso no Face, mas causa muita polêmica e meu Face serve só pra ver as coisas dos outros,me decepcionar com certas people e conversar cazamiga.
mas voltando
     Me irrita porque:
1) Você, meu bem, senta aqui - você não acredita nisso. Por que então vai querer?
2) O fato de você não acreditar já deveria ser motivo suficiente pra você ser coerente consigo mesma e sua fé/ falta de para ficar longe dali. Então se isso não ocorre, mostra pra mim que, além de não acreditar naquilo, você não respeita nem aquilo em si nem a gente que acredita porque acaba se casando lá como um evento social, ou porque é bonito, ou porque sua vó quer.

Kirida, desculpe, mas se sua vó é católica bom pra ela; se você não é... não tem que fazer a vontade dela, não! É o seu casamento!

     Infelizmente uma das coisas que mais me irrita (palavra do mês) nesse país é esse tal de sincretismo religioso. Muito cômodo, né? Pego o que eu gosto de cada religião e vou embora. A pessoa acha que reencarnação é lindo, o espiritismo explica a vida toda, mas também acha Santa Bárbara uma coisa linda, faz novena pra ela direto e não falta Yoga, inclusive tem um altar de Vishnu em casa. Kirida. Peraí.
     Entendo que o espiritismo permita/ seja aberto por não ser religião, não ter rituais etc, mas acho que falta muita coerência nesse raciocínio. Falo com mais propriedade do espiritismo porque aqui em Juiz de Fora temos a Aparecida do Norte do espiritismo, aqui você só é inteligente, descolado, esperto e evoluído na vida se for espírita. Se for cristão, é burro, resignado, beato etc. Ai preguiça. Não são todos que pensam assim, mas é uma maioria foda. Mais: tenho familiares e eu mesma era espírita (fajuta, mas era, convivia no meio, lia e tudo mais).
MAS VOLTANDO
     Miga, se você não é católica, não se case na Igreja. Não venha usar algo totalmente sagrado como um Sacramento Santo, instituído por Deus para fazer um álbum de casório lindo e mostrar prazamiga da sua mãe. Respeite a sua crença (perceba que peço que você respeite e encontre a sua crença, muito antes de pedir isso em relação à minha). Se você tá no time das sincréticas (melhor seria se fosse nome de bonde de funk!), sai dessa vibe. Vai estudar sua fé e vê se você não está nessa por conforto... Porque pegar o que tem de melhor pra si em cada religião e fazer um quebra-cabeça é sintoma de que você quer conforto... sendo que fé é muito mais sobre crescer, se esforçar e evoluir do que se sentir bem. Nem tudo o que faz você se sentir bem é bom para você. Sério.
     Se você não é católica, não batize seus filhos. Não coloque na catequese. Não. Não.
     Mais coerência, por favor.
ps: por mim você se converteria. É o que desejo pra você porque, a partir da mensagem, é o que faria você se encontrar com o verdadeiro de Deus deixado na Terra por Ele mesmo, Jesus, e nada que existe seria melhor pra você. Sou católica e sou muito feliz por isso. Mas não é nada fácil, abri mão de muitas coisas, demanda muito esforço, disciplina e querência. E acho que é assim mesmo que tem que ser porque é o melhor pra mim, igual injeção ou bronca de mãe. Mas como talvez você não vá se converter aqui no desgrude, você pode ir no blog da Oficina de Valores (pelo menos pra conhecer, eu juro que vale, lá a gente fala de tudo um pouco) ou apenas manter-se coerente. É só o que te peço. Você vai ser mais feliz e não vai desrespeitar o sagrado, a fé dos outros.
     E respeito, bom, é o mínimo, né?

8 comentários:

  1. Amiga, espíritas são cristãos.. :)

    E sou dessas suas amigas que não vai casar na igreja e não vai ter álbum de casamento. Nem pra mostrar prazamiga da mãe, nem prazamiga da sogra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. está coerente!
      não, amiga, a definição de cristão é aquele que acredita que Jesus é filho de Deus sendo Ele mesmo Deus e salvador do mundo através da Sua vinda e morte. O espiritismo não crê nisso, não é mesmo? Claro que vcs têm Jesus como mestre e norte, mas cristãos, não.
      :*

      Excluir
    2. corrigindo: vida, morte e, principalmente, ressureição

      Excluir
  2. Se você vai se casar com um católico, tem que respeitar a vontade dele também. E se você vai ter filhos com um católico, também tem que levar em consideração o que ele quer. Benção de Deus você vai ter casando na igreja, na umbanda, no cartório. E se você reza por Nossa Senhora Aparecida, não é coerente você parar de adorá-la só porque você acredita e segue o espiritismo.
    E lá vou eu daqui um tempo ser entregue pelo meu pai para meu marido na frente de todo mundo na Igreja, com toda aquela filosofia machista de troca de posses porque não se casa sozinho... Se é uma vontade dele...

    ResponderExcluir
  3. Nessas horas o que mais importa pra mim é estar com o coração e alma em comunicação com Deus e todos os espíritos abençoados que envolvem a Igreja e pedir bênçãos, muuuuitas bênçãos. Ele sabe o que se passa no coração de cada um que tá lá, seja católico ou não. Deus não é tão exigente como a gente.

    ResponderExcluir
  4. Será que posso começar dizendo que concordo com tudo e não acrescentaria nada? rs
    Bom Joyce, vc sempre teve o dom das palavras, isso é fato. Admiro a sua coragem em dizer o que pensa e em defender o que é certo apesar dos pesares. Como eu sempre te digo, ser cristão não é fácil, é preciso uma cavalar dose de coragem e ousadia pra enfrentar tudo e todos.
    Não que sejamos pobres coitados, injustiçados. Mas custa defender algo tão bonito e profundo quando as pessoas não mais querem ouvir, ver, entender. A superficialidade do mundo reflete em tudo e pq não refletiria nas religiões?
    Somos donos de si, detentores do saber, defensores de tudo e todos que nos agradam e nos convém.
    Como é dificil vencer o egoismo, o orgulho, a ignorância para ter coragem de enfrentar o que é novo e nesse caso, maravilhoso.
    Obrigada pelas suas palavras que hoje vão me ajudar a refletir sobre como eu tenho sido cristã, e sobre as coisas que tenho deixado de lado pq não estão "me fazendo bem".
    Parabéns, mesmo, e coragem!

    ResponderExcluir
  5. Jamille, só queria dizer que no seu comentário: "E se você reza por Nossa Senhora Aparecida, não é coerente você parar de adorá-la só porque você acredita e segue o espiritismo." você diz "adorar" Nossa Senhora, coisa que os católicos não fazem, ok?

    É uma discussão que não foi feita pra entrar no blog da Joyce, mas só pra apontar que o certo seria venerar Nossa Senhora, pois nós católicos só adoramos a Deus.

    ResponderExcluir