segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Lembrei de você em MG

     Despretensiosamente andando pela loja de cosméticos pensando na vida. Entre a análise de um e outro frasco de esmalte, reflexões sobre a vida e quanto do futuro eu não sei ainda. Quanto do passado marcou e, bom, como somos o resultado dessas coisas meio sem nome. E como, meu Deus, como somos sempre outros. E que bom. E melhores dias, ainda que estes sejam bons, virão.
     Uma vez uma amiga disse que achava o máximo ficar imaginando que os melhores dias da vida dela ainda estavam por vir. E, cara, é como se eu já estivesse vendo um teaser, é como se eu já soubesse um pouco. E que bom que eu só sei  um pouco, odeio spoilers. A espera e a preparação doem menos quando você sabe que no fim do caminho tem uma vida - o que faz com que o caminho seja vida também.
      É nesse momento, nesses momentos, que uma calma ansiosa bate. Quanta gente já conseguiu, né, quanta gente está lá e poxa, a Ana escreveu lindo disso essa semana e a Eve ..........
E aí eu vejo isto:
     Sim, Eve, eu estava pensando nesse monte de coisa e bati o olho num sabonete íntimo que tem seu nome e achei de bom tom tirar a foto pra postar pra te homenagear. Há algo de errado comigo?
     E sim, essa postagem é pra mostrar essa foto e fazer a reflexão lá em cima porque o blog é meu.


4 comentários:

  1. pois é. e o que estar por vir é uma coisa que vc quer, que vc buscou, entao, tem que agarrar e fazer disso o melhor possível.
    mas, pô, tinha que ser sabonete íntimo? hahahaha
    bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sei nem o tanto q tenho a agradecer por vc e seu blog, ta? mesmo.
      ps: eu queria q fosse uma coisa chique, mas foi uma coisa chinfrim. mas vc é chique, entao supera td... :D

      Excluir
  2. Ahazza, o blog é seu e você faz o que quiser, bjs sociedade! :*

    (Adorei a reflexão. É a sua cara. A minha também, eu acho.)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. claro que é! porque a vida não precisa ter lógica todos os dias, como provado empiricamente por, bem, por nós mesmas.
      :)

      Excluir