quinta-feira, 6 de junho de 2013

A técnica da película - adesivo caseiro para unhas (e a estampa de girafa de brinde)

     Já vi muita gente falar que gosta de nail art mas não faz por falta de coordenação motora com a mão não-predominante. A técnica da película ajuda bem nisso aí porque permite que você desenhe as estampas com a sua mão de "preferência" e, ainda não precise fazer malabarismos, já que você vai desenhar fora da unha.
     Consiste em: você criar uma película transparente e desenhar sobre ela e depois colar sobre a unha, pintada ou não. É a mesma lógica dos adesivos de unha inteira, mas dá pra fazer em casa, já que esmaltes viram uma película depois de secos. Você vai criar essa película usando top coat e vai desenhar com esmalte mesmo (tem gente que trabalha com nail art em tinta de tecido, que ajuda na hora da coordenação motora porque sai com água; eu não acho muito bom porque com ela você tem que cobrir com top coat; aí seriam duas camadas de top coat etc).
     Comofas: corte a caixa de leite longa vida em que seu marido até já bebeu porque tem preguiça de pegar o copo/ lavar o copo (mentira, tá gente, pode ser qualquer caixa longa vida). Uma face dela é suficiente. Você vai usar a parte de dentro da caixa. Aplique o top coat na área média de uma unha sua, fazendo sempre um pouco maior para sobrar um pouco e não fazer buraco. Usei o roxinho da Avon porque não vou muito com a cara dele:
dá pra ver?
      Depois de alguns minutos já está seca e você já pode desenhar. Eu escolhi fazer uma estampa de girafa que fica bem legal, porque só oncinha cansa, né? O segredo dela é fazer as manchinhas marrons com bordas que se encaixam, que é o que vai dar cara de girafa e não vai ficar parecendo trabalho escolar de contar quadrados. Claro que o encaixe não precisa ser perfeito, mas algo no estilo Pangea já tá show (eita menina culta, Brasil). É fácil: você vai pegar uma gotinha na ponta do palito e ir colocando (sim, colocando, se você tentar riscar como se fosse lápis de cor vai dar errado) a tinta ali, formando as formas (rysos) que você deseja. Comece na borda e vá construindo os "encaixes" mantendo mais ou menos a mesma distância entre uma mancha e outra.


  
Ah! Esteja com a unha pintada de amarelo clarinho:

Hits 219, da época que ela não nomeava os esmaltes

     Feito isso, você vai levantar a pontinha do seu adesivo:


      Dá pra acabar de tirar com a unha mesmo (com os dedos) ou usar uma pinça. Eu uso os dedos, sou oldschool. Daí você coloca sobre a unha 67% seca.
      Posicione
      Pressione levemente
      E marque os cantos com palito, pre ele "entrar" ali. A partir disso, ele reage como um esmalte seco. É só tirar as rebarbas com acetona. A ponta pode ser mais chata, mas dá pra tirar com algodão no palito e acetona ou lixar de cima pra baixo na velha analogia de limpar a sola do sapato no meio fio (eu uso acetona mesmo). Veja como os cantos já ficam perfeitinhos, é só limpar normalmente:
     Olha que biita que fica! Caso as bordas das manchinhas fiquem meio transparentes - ou qualquer outro problema -, dá pra corrigir normal com o esmalte (ah, é, usei o Café Italiano da Colorama). Pode finalizar com top coat, mas super acho que não precisa.


     Bayjos, sociedade!


2 comentários:

  1. Adorei!!!!!
    Pena que não tenho coordenação :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ah, Carol, tudo nessa vida é treino!! larga disso! rsrsrs

      Excluir