sexta-feira, 19 de abril de 2013

Recuperação capilar: como fazer (e algumas crendices)

(leia também: Como fazer - hidratação)
     
     Acho engraçado quando me falam que o cabelo "acostuma" com produtos. Já vi gente conceituada falando que se tem que trocar de shampoo de tempos em tempos porque o cabelo acostuma com a química do produto e precisa de uma nova pra poder reagir de novo.
     É engraçado porque a simples ideia de que os fios de cabelo se acostumam com uma química tão simples quanto a de shampoos e cremes é, pra mim, meio boba. O cabelo não é uma criança mimada, ele é um tecido morto composto de proteínas - os "tijolinhos" do nosso corpo. Mas existe uma verdade que deu origem a essa crendice e ela é: o cabelo precisa de três coisas pra ficar bonito e com aparência saudável: água, nutrição e proteínas.
     O caso é que todo mundo vê um cabelo com aparência ruim e já acha que é falta de hidratação. É que hidratação virou sinônimo de cuidado capilar, e a realidade está longe disso. Hidratar é recompor a água no tecido. Só.
     Um cabelo pode estar feio ou com aparência estranha, quebradiço, elétrico por falta de qualquer uma das três coisas que citei antes e só hidratar não vai resolver. É aí que entra a ideia do "acostumar": vamos supor que se hidrate o cabelo por um mês. Na primeira semana, em que o cabelo precisava realmente da hidratação, os resultados foram ótimos. Depois de já se ter feito a recomposição hídrica necessária, o cabelo precisa de nutrição... mas aí a pessoa continua usando o produto de hidratar... e ele não faz mais um efeito de melhora... entenderam a dinâmica?
     É aí que entra o cronograma capilar: é um planejamento que você faz para cuidar do cabelo baseado nessas necessidades que citei. O que ter em mente:
1 - Hidratar, Nutrir, Repor proteínas - sempre nessa ordem;
2 - Não se pula de fase antes do tempo pois nutrir um cabelo seco deixa o cabelo pior, o mesmo para proteínas em um cabelo sem nutrição;
3 - A fase que demanda mais tempo é a da hidratação, ou seja, se você faz um cronograma de um mês, duas semanas ficarão para a hidratação, uma e meia para a nutrição e um dia ou dois para a proteína (isso é no geral, tá). Faz-se bem menos reconstrução (proteínas) porque não é algo gradual como os dois outros processos. Mesmo um cabelo com corte químico (depois a gente fala disso) não deve receber tantas proteínas, com pena de ficar rígido.
4 - Faz muita diferença observar os componentes da fórmula do que você está comprando: produtos com silicones geralmente não tratam, mas mascaram o problema - parece que seu cabelo tá lindo, mas só tá besuntado de silicone, fazendo com que você não perceba o problema e ache que o produto é ótimo. Os silicones são geralmente os que terminam em -one (menos o Methylchloroisothiazolinone, que é fungicida).
5 - Quase sempre os shampoos falam que têm agentes hidratantes... mas não! Shampoos são detergentes. Muitos podem ter agentes que tratam, mas não se engane. Tratamento capilar é com máscara, óleos, ampolas ou condicionador. Não ache que simplesmente comprando shampoos bons e que digam que têm os ingredientes que vou citar você vai estar tratando seu cabelo.
   Estou fazendo no meu cabelo a fase da hidratação e tenho tido resultados ótimos. É realmente incrível como faz diferença vc saber o que está colocando no cabelo, ao invés de gastar um monte de dinheiro comprando um monte de coisa que passa na televisão e sempre se frustrar.
     Pra não me estender muito, só quero passar pra vocês o que procurar na fase da hidratação
- Máscaras que ofereçam hidratação (não pegue as que falam em nutrição, reconstrução, etc);
- Ativos mais comuns: frutas e vitaminas. Geralmente são coisas não gordurosas tipo bambu e coco. É legal misturar com ampolas de vitaminas (depois falo disso);
- Não use os gordurosos or enquanto, tipo argan, tutano, geleia real: esses são da nutrição;
- Os compostos terminados em -ina são, geralmente, proteínas. Não é pra agora também.
     Já ficou um post enorme! Depois volto com uma explicação mais prática do que fazer, ok? Qualquer dúvida ou sugestão podem comentar.

ps: tem muita coisa boa sobre isso no Burguesinha Suburbana (aqui tem um post ótimo! é sobre rotinas sem sulfato, pra quem quiser saber o que é e pra quem só quer comprar melhor também) e no Acorda, bonita! 
ps2: um beijo pra Aline Bessa, que me inspirou a escrever sobre isso; e pro Matheus, que tá muito gracinha de gorrinho no frio do sul!
     Leia também um resumão do cronograma.

8 comentários:

  1. Olá Joyce!!!
    Sou a Angie do Burguesinha Suburbana, e fiquei muito feliz em ser citada por você!!! Muito obrigada pelo carinho!!!

    Seu post está ótimo!!!

    Beijinhus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Angie!!! que honra!!! seu blog é uma inspiração nessas coisas. sua saga de platinada me deu muita força de recuperar meu cabelo. obrigada pelo carinho! bjão!

      Excluir
  2. Faltou dizer que simplesmente, não existe recuperação para cabelos danificados quimicamente. Todo e qualquer produto cosmético vai apenas maquiar (como fazem os silicones que vc mesma mencionou), seja ele a base de silicones ou não. Uma vez destruída, a estrutura capilar não se recompõe com tratamentos, que são todos artificiais e sintéticos, mesmo os que contém ativos "naturais" como óleos, extratos de plantas, etc. Nosso cabelo é composto basicamente de Queratina, a qual fornece todos os aminoácidos que também configuram a estrutura capilar. Nosso cabelo não reconhece óleo de argan, ceramidas (que são sempre sintéticas), menteigas, etc, como sendo benéficos, e por tanto, de nada adianta aplicar nada disso nos fios danificados. Esses agentes funcionam em fios virgens e sem danos. Nos danificados, eles, junto com os silicones, apenas mascaram o problema. Resumo da ópera: Danificou? A única solução definitiva é esperar o cabelo crescer e cortar a parte danificada. A solução paliativa é a aplicação de ampolas, máscaras, séruns, "cauterizações" e etc.

    Fonte: Eu mesmo - Cabeleireiro e Químico com especialização em tricologia e cosmetologia capilar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Eu mesmo (rsrsrrs), obrigada pelo comentário. Só gostaria de saber seu nome, ter um contato, acho importante saber mais informações, principalmente vindas de um especialista para uma leiga pobrezinha como eu que sofri com corte químico e tento, como vc disse, maquiar os problemas pra não ter que cortar o cabelo "joãozinho". Infelizmente o conhecimento disponível para leigos fica nisso e, quando falamos de recuperação capilar, no fim das contas estamos querendo dizer isso mesmo - tentar fazer nosso cabelo chegar mais ou menos num estado apresentável até que ele cresça. Que pena que não demorou mais uns dias pra vc me visitar (até pq acredito q vc não deva voltar), porque ia justamente fazer uma postagem sobre como eu deixei meu cabelo crescer por causa disso mesmo. Bom, "Eu mesmo", gostaria muito de saber com quem estou falando e te parabenizo pelos seus estudos; quanto a mim, sou apenas uma moça latinoamericana sem dinheiro no banco, sem parentes importantes e com um diploma em Letras. abração!

      Excluir
  3. Se quiser, me add no Face: http://www.facebook.com/IsraelHendrischky.

    Eu mesmo hehehe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ótimo! posso te pedir consultoria de vez em quando? rsrsrs
      brigada pela resposta!

      Excluir
  4. mentira do anônimo, deve de estar bem desinformado, assim como o bepantol com sua formulação auxilia na recuperação da pele o depantenol liquido faz a recuperação instantânea da fibra capilar, recuperando sim já na primeira aplicação. Eu mesma uso e recomendo a hidratação chantilly da Novelty cosmética e adoro, não fico sem.

    Rita de Cássia - Belo Horizonte MG - Stylo Hair Fashion - BH

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. entao Rita, na pratica super to contigo, salvei meu cabelo com o cronograma e vim, vi, venci com esses componentes.
      MUITO OBRIGADA pelo comentario :)

      Excluir